Boletim

OUR LADY of FATIMA PARISH

 

588 Division Street,Kingston,ON, K7k 4B6

Telefone: 1 315 370 1356 (sacerdote).

www.fatimakingston.com

ANO A- 19.07. 2015 – 1ª Comunhão : o inicio de uma paixão por Cristo na Eucaristia

ANIV. de FALECIMENTO : 13 a 19 de Julho de 2015 :

† 1988 Maria Martins;

† 1989 António Costa Matias;

† 1989 Ana Maria S. Oliveira;

† 2001 João Pedro;

† 2007 Rosária Maria cabral;

† 2005 Alice do Carmo C. Da Costa;

† 2013 Altina da Conceição Raposo ;

 

rezaremos por eles na Eucaristia das 10 am, no dia 19. 07.2015

 

Sb – 5.30 pm = 7o Dia Maria Espirito Santo Bettencourt

 

††Domingo: 19. 07.2015 :

10 am – Eucaristia

 

Semana de 19 a 26 de Julho de 2015

2f – 7 pm = Eucaristia

3f – 7pm = 7o dia : Virginia Carmo da Costa

 

4f - 7pm = Eucaristia

5f - 7 pm = Eucaristia ; 7.30pm – Ensaio de Canticos;

6f - Adoração 9 am até 9 pm 7 pm = Eucaristia


 

Sábado 25 de Julho de 2015: Sb- 9 am =Eucaristia

Sb - 5.30 pm = 7º dia: Pierre Camara Sampaio

Domingo 26 de Julho de 2015

10 am – Eucaristia!

 

ANIV. de FALECIMENTO : 20 a 26 de Julho de 2015 :

† 1988 John Soares;

† 1990 Isabel Maria Soares;

† 1994 José da Costa;

† 2009 Tiago Medeiros;

 

rezaremos por eles na Eucaristia das 10 am, no dia 26. 07.2015   

Quando meu filho fez a primeira comunhão

 

Reflexão de uma Mãe:

No último sábado, meu filho recebeu a primeira comunhão. É o meu terceiro filho a comungar, mas o primeiro cuja gravidez inteira eu vivi como católica.
 
Durante nove meses, toda vez que eu voltava para o banco depois de receber a Eucaristia, me ajoelhava e, silenciosamente, me maravilhava com o quanto era impressionante que o meu filho ainda nem nascido já estivesse tão perto de Jesus. A natureza completamente física dessa interação era quase escandalosa em sua carnalidade. O Senhor de todo o universo vinha até mim como pedaço de pão e, por alguns breves momentos, descansava lado a lado com o meu filho em desenvolvimento. Apenas uma fina parede de tecido e líquido amniótico os separava. Nada mais era necessário para compreender a profundidade da palavra "encarnado".
 
Seja qual for o rumo que a vida do meu filho tome, ele já a começou junto com Cristo. Enquanto a natureza seguia o seu curso, dividindo células, formando órgãos, fazendo crescer o cabelo, o meu filho se aninhava com o Filho de Deus. Eu tinha a fé absoluta de que esta gestação espiritual deixaria uma marca na alma do meu bebê e que nada em sua vida jamais seria capaz de apagá-la.
 
Depois que o meu filho nasceu, eu sentia, às vezes, momentos de certa “tristeza” por ele, que teria de esperar mais ou menos oito anos até se unir fisicamente a Cristo mais uma vez. Mas, no fim, a possibilidade de consumir o Pão da Vida é algo de que mesmo os anjos nos invejam.
 
Com o sábado se aproximando, eu ficava cada vez mais ansiosa. Será que o preparamos adequadamente? Bom, nós o preparamos com cuidado, pelo menos. Será que ele entendeu a importância do que estava para acontecer? Bom, quem entende? E se ele deixasse cair a hóstia? Obviamente não seria o ideal, mas também não seria a primeira vez na história humana...
 
Eu não tinha ficado assim na primeira comunhão dos meus dois filhos mais velhos. Mas este menino, este gigante menino que foi o primeiro dos meus filhos a se aninhar tão intimamente com o Senhor Eucarístico na escuridão do meu corpo, provocava em mim sentimentos de alegria intensos demais! Toda vez que eu imaginava o júbilo da sua alma por se unir a Cristo em comunhão novamente, eu começava a chorar.
 
Tirei uma foto dele no jardim, com o cabelo bem penteado, o rosto tímido e sorridente ao mesmo tempo. As flores amarelas faziam um lindo pano de fundo para o seu blazer, o mesmo blazer que os irmãos mais velhos tinham usado e que pelo menos mais dois irmãos deverão usar nos próximos anos. Tive que usar a focagem automática da câmera, porque os meus olhos teimavam em se encher de lágrimas.
 
Chegamos à paróquia cedo e os meninos se reuniram com a sua diretora de educação religiosa. Ela os organizou no corredor, meninos à esquerda, meninas à direita. Eu olhava o lado dos meninos pulsando em movimentos constantes; doze meninos tentando controlar a agitação. Em um contraste divertido, o lado das meninas permanecia completamente imóvel, como uma sólida parede toda de branco.
 
Quando chegou a vez do meu filho, eu o vi caminhar até o sacerdote, fazer uma cuidadosa reverência e dizer um claro "amém" em resposta ao "Corpo de Cristo". Ele recebeu a sua primeira comunhão, caminhou de volta para o seu lugar e eu comecei a chorar. Eu sei que há um grande júbilo no céu quando um pecador se volta de coração para Deus, mas imaginei que até esse júbilo ficou abafado naquele instante pelo regozijo do reencontro físico do meu filho com Cristo através da comunhão.

As 5 fases do casamento

Ainda que não haja regras gerais, é verdade que alguns fatores, tanto externos quanto internos, determinam circunstâncias especiais do casamento; por exemplo, estar casados e sem filhos não é a mesma coisa que levar 20 anos de união e ter filhos jovens.
 
Por isso, é de grande utilidade para os casais identificar a etapa em que vivem e as que estão por vir, para, assim, transformar os desafios em oportunidades de crescimento.
 
As 5 fases pelas quais o casamento passa são as seguintes:

 

1ª fase: Transição e adaptação
 
Os três primeiros anos de casados. É uma etapa fundamental, dado que nela se estabelecem os fundamentos ou bases da relação. Durante este tempo, o casal adapta -sea um novo sistema de vida; por isso, os segredos do sucesso desta fase são a comunicação e a negociação.
 
É importante que o casal faça um projeto familiar, no qual se visualizem no futuro, e estabeleçam as metas que querem alcançar. Os esposos são provados na forma como lidam com o dinheiro, com o tempo, bem como na distribuição das tarefas do lar, entre outras coisas. É um momento de decisões e acordos.
 
2ª fase: Estabelecimento e chegada dos filhos
 
Esta fase acontece entre os 3 e os 10 anos de casados. A lua-de-mel e o processo de adaptação já terminaram e agora há um maior conhecimento do cônjuge; portanto, é provável que as desavenças sejam mais frequentes – ou, pelo contrário, diminuam, como resultado da maturidade adquirida na primeira etapa de convivência.
 

O amor é acompanhado mais pela razão que pelo sentimentalismo. A vontade tem um papel importante no binômio compromisso-entendimento.
 
Nesta época, muitos casais tornam-se pais, fato que envolve desafios diferentes e uma nova organização dos papéis. Os cônjuges precisam evitar que a dedicação aos filhos substitua a relação de casal. Também é preciso velar para que os compromissos do trabalho e as demandas da vida diária não deem início a um gradual distanciamento.
 
3ª fase: Transformação
 
Entre os 10 e 20 anos de casados, pode coincidir com a puberdade dos filhos e a meia-idade dos esposos. Esta última marca um período de reflexão e renovação na vida do ser humano; por isso, é importante que o casal se encontre num estado saudável e que, individualmente, se viva da melhor maneira possível. Assim, não se tornarão uma ameaça para a estabilidade matrimonial.
 
Da mesma forma, os esposos precisam buscar que as dificuldades na educação dos filhos não afetem a união conjugal. A unidade na autoridade e o trabalho conjunto devem ser a prioridade.
 
Nesta etapa, os esposos precisam ser criativos, não cair na rotina (fácil e silenciosa), redescobrir-se novamente como casal e conectar-se mais uma vez.
 
4ª fase: Estabilidade e ninho vazio
 
Esta etapa chega entre os 20 e 35 anos de união. “Quando os casais foram capazes de resolver conflitos e crises nas etapas anteriores, este é um período de estabilidade e uma oportunidade para chegar a um maior desenvolvimento e realização pessoal .
 
Nesta fase, geralmente dá-se a “síndrome do ninho vazio”, o que situa o casal em uma nova forma de vida: os filhos foram embora e agora os esposos estão mais disponíveis um para o outro. Para algumas pessoas, esta pode ser uma circunstância difícil, pois envolve o desprendimento dos filhos e possivelmente o sentimento de solidão. No entanto, é algo que os pais acabam assumindo e superando ao longo do tempo.

O mais valioso desta etapa é a solidez e o conhecimento pleno do casal: a capacidade de dialogar, tolerar melhor as diferenças, rir dos próprios erros, fazer as críticas de maneira carinhosa, iniciar juntos alguma atividade. É o momento de reafirmar mais ainda a criatividade e encontrar novos desafios na vida conjugal.
 
5ª fase: Envelhecer juntos
 
Esta etapa ocorre geralmente a partir dos 35 anos de casamento. Algumas pessoas optam pela reforma, e assim surge algo muito positivo, pois há mais tempo para que

 

os esposos curtam um ao outro. Realizam atividades antes impossíveis pelas ocupações de trabalho e encontram uma grande motivação: os netos. Estes pequenos dão luz e felicidade ao casal nesta fase.

 
Os esposos precisam de muito apoio e carinho um do outro. Os conflitos desta etapa são bem menos frequentes; a maioria dos casais se estabilizou em linhas de poder e intimidade.
 
Para finalizar, uma reflexão em palavras de Francisco Castañera: “Este percurso nos leva a refletir sobre a importância de valorizar, durante todo o nosso casamento, a qualidade e quantidade da nossa intimidade, o apoio e o carinho que damos ao nosso cônjuge, e não esperar a última etapa, quando o final está próximo”.

Classificação média: 0 opiniões Escreva a sua opinião Publique a sua opinião

 

____________________________________

Novo Curso ou encontro da Mensagem de Fátima ?

Para pessoas que não participaram no anterior.

Agosto ou Outubro.

Inscrições no fundo da Igreja.

 

------------------------------------

Aceitam-se ofertas para a “ Kermesse” Festa do Senhor Santo Cristo dos Milagres

 

CREDO

Creio em um só Deus Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra de todas as coisas visíveis e invisíveis.

Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigênito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos; Deus de Deus, Luz da Luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro; gerado, não criado, consubstancial ao Pai.

Por ele todas as coisas foram feitas. E por nós, homens, e para nossa salvação, desceu dos céus e se encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria, e se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras, e subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai. E de novo há de vir, em sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim.

Creio no Espírito Santo, Senhor que dá a vida, e procede do Pai e do Filho; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: Ele falou pelos profetas.

Creio na Igreja, una, santa, católica e apóstolica. Professo um só batismo para a remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos e vida do mundo que há de vir. Amém.  

LEITURA I – Jer 23,1-6: Leitura do Livro de Jeremias Diz o Senhor: «

Ai dos pastores que perdem e dispersam as ovelhas do meu rebanho!» Por isso, assim fala o Senhor, Deus de Israel, aos pastores que apascentam o meu povo: «Dispersastes as minhas ovelhas e as escorraçastes, sem terdes cuidado delas. Vou ocupar-Me de vós e castigar-vos, pedir-vos contas das vossas más acções - oráculo do Senhor. Eu mesmo reunirei o resto das minhas ovelhas de todas as terras onde se dispersaram e as farei voltar às suas pastagens, para que cresçam e se multipliquem. Dar-lhes-ei pastores que as apascentem e não mais terão medo nem sobressalto; nem se perderá nenhuma delas – oráculo do Senhor. Dias virão, diz o Senhor, em que farei surgir para David um rebento justo. Será um verdadeiro rei e governará com sabedoria; há-de exercer no país o direito e a justiça. Nos seus dias, Judá será salvo e Israel viverá em segurança. Este será o seu nome: ‘O Senhor é a nossa justiça’».Palavra do Senhor

 

SALMO RESPONSORIAL : O Senhor é meu pastor: nada me faltará. 1. O Senhor é meu pastor: nada me falta. / Leva-me a descansar em verdes prados, /conduz-me às águas refrescantes /e reconforta a minha alma. 2.Ele me guia por sendas direitas por amor do seu nome. Ainda que tenha de andar por vales tenebrosos, /não temerei nenhum mal, porque Vós estais comigo: /o vosso cajado e o vosso báculo me enchem de confiança. 3.Para mim preparais a mesa /à vista dos meus adversários; /com óleo me perfumais a cabeça, /e o meu cálice transborda.

 

LEITURA II – Ef 2,13-18: Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Efésios Irmãos: Foi em Cristo Jesus que vós, outrora longe de Deus, vos aproximastes d’Ele, graças ao sangue de Cristo. Cristo é, de facto, a nossa paz. Foi Ele que fez de judeus e gregos um só povo e derrubou o muro da inimizade que os separava, anulando, pela imolação do seu corpo, a Lei de Moisés com as suas prescrições e decretos. E assim, de uns e outros, Ele fez em Si próprio um só homem novo, estabelecendo a paz. Pela cruz reconciliou com Deus uns e outros, reunidos num só Corpo, levando em Si próprio a morte á inimizade. Cristo veio anunciar a boa nova da paz, paz para vós, que estáveis longe, e paz para aqueles que estavam perto. Por Ele, uns e outros podemos aproximar-nos do Pai, num só Espírito. Palavra do Senhor

 

EVANGELHO – Mc 6,30-34: Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos Naquele tempo, os Apóstolos voltaram para junto de Jesus e contaram-Lhe tudo o que tinham feito e ensinado. Então Jesus disse-lhes: «Vinde comigo para um lugar isolado e descansai um pouco». De facto, havia sempre tanta gente a chegar e a partir que eles nem tinham tempo de comer. Partiram, então, de barco para um lugar isolado, sem mais ninguém. Vendo-os afastar-se, muitos perceberam para onde iam; e, de todas as cidades, acorreram a pé para aquele lugar e chegaram lá primeiro que eles. Ao desembarcar, Jesus viu uma grande multidão e compadeceu-Se de toda aquela gente, que eram como ovelhas sem pastor. E começou a ensinar-lhes muitas coisas. Palavra da Salvação

 

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

ANIVERSARIOS DE BATISMO: @ Nesta Semana 19 a 26 de Julho receberam o Batismo na nossa Igreja ( Our lady of Fatima ): 20. Catarina Beleza;

20. Paul Neil Madden;

21. Emily Lim de Sousa;

22. Lucy Michelle Oliveira;

23. Tiffany – Ann de Sousa;

23. Brianna Rosa Dondero;

24. Christopher Cordeiro;

27. Christohpher Michael Rennie;

27. Monica Paula Ramos Pereira

 

Eucaristia Sunday: 10am - 26 .07.2015

 

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Leitores - Domingo 25 e 26 Julho:

Sb 5.30pm=

Dom. 10am =

 

FIRST READING (Jeremiah 23:1-6) A reading from the book of Jeremiah

“WOE to the shepherd’s who destroy and scatter the sheep of my pasture!” says the Lord. Therefore, thus says the Lord, the God of Israel, concerning the shepherds who shepherd my people: It is you who have scattered my flock, and have driven them away, and you have not attended to them. “So I will attend to you for your evil doings,” says the Lord. “Then I myself will gather the remnant of my flock out of all the lands where I have driven them, and I will bring them back to t heir fold, and they shall be fruitful and multiply. I will raise up shepherds over them who will shepherd them, and they shall not fear any longer or be dismayed, nor shall any be missing,” says the Lord. “The days are surely coming,” says the Lord, “when I will raise up for David a righteous Branch, and he shall reign as king and deal wisely, and shall execute justice and righteousness in the land. In his days Judah will be saved and Israel will live in safety. And this is the name by which he will be called: “The Lord is our righteousness.’” —The word of the Lord. R. Thanks be to God.

 

RESPONSORIAL PSALM: The Lord is my shepherd; I shall not want. 1.The Lord is my shepherd, I shall not want. /He makes me lie down in green pastures; /He leads me beside still waters; He restores my soul. R. 2.He leads me in right paths for his name’s sake. /Even though I walk through the darkest valley, /I fear no evil; for you are with me; /Your rod and your staff they comfort me. 3.You prepare a table before me /In the presence of my enemies;/You anoint my head with oil;/My cup overflows.

 

SECOND READING (Ephesians 2:13-18): A reading from the letter of Paul to the Ephesians.

BROTHERS and sisters: Now in Christ Jesus you who once were far off have been brought near by the blood of Christ. For he is our peace; in his flesh he has made both Jews and Gentiles into one and has broken down the dividing wall, that is, the hostility between us. He has abolished the law with its commandments and ordinances, that he might create in himself one New Man in place of the two, thus making peace, and might reconcile both groups to God in one body through the Cross, thus putting to death that hostility through it. So Christ Jesus came and proclaimed peace to you who were far off and peace to those who were near; for through him both of us have access in one Spirit to the Father —The word of the Lord. R. Thanks be to God.

 

GOSPEL (Mark 6.7-13): A reading from the holy gospel according to Mark

JESUS called the twelve and began to send them out two by two, and gave them authority over the unclean spirits. He ordered them to take nothing for their journey except a staff; no bread, no bag, no money in their belts; but to wear sandals and not to put on two tunics. Jesus said to them, “Wherever you enter a house, stay there until you leave the place. If any place will not welcome you and they refuse to hear you, as you leave, shake off the dust that is on your feet as a testimony against them.” So the twelve went out and proclaimed that all should repent. They cast out many demons, and anointed with oil many who were sick and cured them. —The gospel of the Lord. R. Praise to you Lord Jesus Christ

 

APOSTLE'S CREED:

I believe in God, the Father almighty, creator of heaven and earth, and in Jesus Christ, his only Son, our Lord, who was conceived by the Holy Spirit, born of the Virgin Mary, suffered under Pontius Pilate, was crucified, died, and was buried. He descended into hell; on the third day he rose again from the dead; He ascended into heaven, and is seated at the right hand of the Father almighty; from there He will come to judge the living and the dead. I believe in the Holy Spirit, the holy catholic Church, the communion of saints, the forgiveness of sins, the resurrection of the body, and life everlasting. Amen.

 

Caro amigo(a)

 

Apelamos à sua generosidade neste momento em que vamos entrar em obras, para que possamos dar a todos o máximo de  condições na Paróquia de Nossa Senhora de Fátima

Clique em baixo para saber mais