Boletim

OUR LADY of FATIMA PARISH

 

588 Division Street,Kingston,ON, K7k 4B6

Telefone: 1 315 370 1356 (sacerdote).

www.fatimakingston.com

19.04.2015 - PASCOA !

A Colecta do Domingo:

04 e 05 Abril 2015: 2010,00;

Sexta-feira Santa: 830,00 ;

Visita às Casas 970,00 ;

11 e 12 de Abril : 1175,00

 

Obrigado a todos 

ANIV. de FALECIMENTO : 13 a 19 de Abril de 2015 :

 

† 1985 Hermano Ferreira Couto;

† 1991 Benvida Matias;

† 1993 José Junior Carvalho;

† 1996 Elvira Raposo Freitas;

† 1997 Maria do Rosário Cordeiro Grilo;

† 2004 Nuno de Melo Lindo;

† 2010 Mariano Couto Carquez;

 

rezaremos por eles na Eucaristia das 10am, no dia 19.04.2015     

Sb – 5.30 pm = 7º dia: OLGA MARIA REBELO

 

††Domingo: 19. 04.2015 :

10 am = Eucaristia ! 3o Domingo de Páscoa!

 

# Semana: 20 a 26 de Abril de 2015

2f – 7 pm = Não há Eucaristia!

3f – 7 pm = Eucaristia !

4f - 7pm = Eucaristia !

5f - 7 pm = Eucaristia ! Ensaio de Canticos

6f - 8.30 pm = Eucaristia ! Adoração 9 am – meia noite

 

Sábado 25 de Abril de 2015:

5.30 pm = Eucaristia !

 

Domingo 26 de Abril de 2015 Atenção

11 am – 4º Domindo da Páscoa. 3ª Dominga Almoço e arrematação – Divino Espirito Santo – Participemos neste almoço e arrematação de preparação para as festas do Divino Espirito Santo.

 

 

 

ANIV. de FALECIMENTO : 20 a 26 de Abril de 2015 :

 

† 1979 Joana Melo;

† 1990 Manuel Raposo Amaral;

† 1992 Margarida Maria Lima;

† 1996 Dorvalino Vieira;

† 1997 António Andrade;

† 1998 Diamantino Baptista Brites;

† 2000 Gabriel dos Santos Cabral;

† 2003 Maria Moniz Raposo;

† 2009 Amaro Vicente;

 

rezaremos por eles na Eucaristia das 11am, no dia 26.04.2015 

Morreu o adolescente queimado vivo no Paquistão por ter dito: “sou cristão”

Nauman Masih, o adolescente que foi queimado vivo por declarar-se cristão, faleceu nesta quarta-feira em um hospital de Lahore (Paquistão) após ter perdoado os extremistas muçulmanos que o atacaram.

 

O fato ocorreu no dia 10 de abril quando Nauman atravessou a rua com uns jovens muçulmanos desconhecidos que iam em direção à mesquita. Eles detiveram Nauman e ao perceber que era cristão atacaram-no a golpes e deitando gasolina sobre o seu corpo atearam fogo e fugiram

 

“Os jovens que me agrediram eram uns perfeitos desconhecidos. Começaram a agredir –me quando souberam que eu era cristão. Tentei escapar, mas perseguiram-me e deitaram gasolina sobre mim”, declarou o adolescente à polícia. O adolescente teve 55 por cento do corpo queimado.

 

Os médicos esperavam a recuperação de Nauman, pois na terça-feira foi operado. Mas, lamentavelmente, faleceu nesta quarta-feira de manhã.

“Estou muito magoado de ter que anunciar uma notícia tão triste. Nauman Masih, o menino de 15 anos atacado por muçulmanos no Paquistão, que se ofenderam pelasua aderência à fé cristã, morreu esta manhã”, informou site da associação cristã anglo-paquistanesa (BPCA) em sua página Web.

 

O BPCA indicou que o hospital onde internaram a Nauman “não tinha uma unidade especial para queimados e não houve a possibilidade de o transladar para outro hospital”. Nauman “sofreu com valentia e falou do perdão aos seus agressores. Morreu como um mártir e sem dúvida está hoje com o Senhor”.

“Por favor, rezem pelos seus familiares, que tiveram cinco dias de extrema angústia e para que as autoridades procurem a justiça”, expressou.

 

Após o seu acidente, Nauman teve a oportunidade de contar seu caso à advogada Gulnar Gill, do Tribunal Superior do Lahore, uma região onde os cristãos são vítimas de extremistas muçulmanos.

Em março desde ano, o grupo talibã paquistanês Jamaat-ul-Ahrar atacou duas igrejas cristãs em Lahore, deixando 80 pessoas feridas e 14 mortas, entre eles Akash Bashir, um jovem salesiano de 19 anos que se lançou contra o atacante para evitar a morte dos fiéis da sua paróquia.

 

Do mesmo modo, em novembro de 2014 um grupo de cem muçulmanos queimaram vivos em Lahore um casal de jovens cristãos, acusando-os de ter, supostamente, queimado algumas páginas do Alcorão. O nome dele era Shahzad, tinha 26 anos de idade. Sua esposa, Shama, tinha 24 anos e estava grávida.

CREDO

 

Creio em um só Deus Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra de todas as coisas visíveis e invisíveis.

 

Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigênito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos; Deus de Deus, Luz da Luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro; gerado, não criado, consubstancial ao Pai.

 

Por ele todas as coisas foram feitas. E por nós, homens, e para nossa salvação, desceu dos céus e se encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria, e se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras, e subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai. E de novo há de vir, em sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim.

 

Creio no Espírito Santo, Senhor que dá a vida, e procede do Pai e do Filho; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: Ele falou pelos profetas.

 

Creio na Igreja, una, santa, católica e apóstolica. Professo um só batismo para a remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos e vida do mundo que há de vir. Amém.

 

Os professores filhos de portugueses que desejem colaborar na Procissão de Maio... ( May.10)

contactar Michel Borges e Catarina Raposo

A Mensagem de Fátima prognosticou correctamente em 1917 todos os seguintes a contecimentos:

 

(1) O fim da Primeira Guerra Mundial;

 

(2) O emergir da Rússia como um poder mundial que "espalharia os seus erros (incluindo o comunismo) pelo mundo fora ...promovendo guerras e perseguições à Igreja;

 

(3) A eleição de um Papa que se chamaria Pío XI;

 

(4) A emergência de uma segunda Guerra Mundial que seguiria uma luz estranha no céu.

 

A Mensagem de Fátima prognosticou também que se os pedidos da Virgem Maria

 em Fátima não fôrem honrados, muitas almas serão perdidas, "o Padre Santo terá muito que sofrer," haverá mais guerras e perseguições à Igreja e "várias nações serão aniquiladas.

A aniquilação de nações prognosticada em Fátima ainda não ocorreu, mas muitos temem que em breve possa acontecer, porque a imoralidade e a corrupção cresce por todo o mundo. 

LEITURA I - Act 3,13-15.17 -19 Naqueles dias,

 

Pedro disse ao povo: «O Deus de Abraão, de Isaac e de Jacob, o Deus de nossos pais, glorificou o seu Servo Jesus, que vós entregastes e negastes na presença de Pilatos, estando ele resolvido a soltá-I'O. Negastes o Santo e o Justo e pedistes a libertação dum assassino; matastes o autor da vida, mas Deus ressuscitou-O dos mortos, e nós somos testemunhas disso. Agora, irmãos, eu sei que agistes por ignorância, como também os vossos chefes. Foi assim que Deus cumpriu o que de antemão tinha anunciado pela boca de todos os Profetas: que o seu Messias havia de padecer. Portanto, arrependei-vos e convertei-vos, para que os vossos pecados sejam perdoados». Palavra do Senhor

 

 

Salmo: Dai-me, Senhor, um coração puro. ou Erguei, Senhor, sobre nós, a luz do vosso rosto.

 

1.Quando Vos invocar, ouvi-me, ó Deus de justiça. /Vós que na tribulação me tendes protegido,/ compadecei-vos de mim / e ouvi a minha súplica.

2.Sabei que o Senhor faz maravilhas pelos seus amigos, o Senhor me atende quando O invoco. /Muitos dizem: «Quem nos fará felizes?» / Fazei brilhar sobre nós, Senhor, a luz da vossa face. 3.Em paz me deito/ e adormeço tranquilo, / porque só Vós, Senhor, /me fazeis repousar em segurança.

 

 

 

LEITURA II - 1 Jo 2,1-5a

 

Meus filhos, escrevo-vos isto, para que não pequeis. Mas se alguém pecar, nós temos Jesus Cristo, o Justo, como advogado junto do Pai. Ele é a vítima de propiciação pelos nossos pecados, e não só pelos nossos, mas também pelos do mundo inteiro. E nós sabemos que O conhecemos, se guardamos os seus mandamentos. Aquele que diz conhecê-l'O e não guarda os seus mandamentos é mentiroso e a verdade não está nele. Mas se alguém guardar a sua palavra, nesse o amor de Deus é perfeito

EVANGELHO - Lc 24,35-48 -

 

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas Naquele tempo, os discípulos de Emaús contaram o que tinha acontecido no caminho e como tinham reconhecido Jesus ao partir do pão. Enquanto diziam isto, Jesus apresentou-Se no meio deles e disse-lhes: «A paz esteja convosco». Espantados e cheios de medo, julgavam ver um espírito. Disse-lhes Jesus: «Porque estais perturbados e porque se levantam esses pensamentos nos vossos corações? Vede as minhas mãos e os meus pés: sou Eu mesmo; tocai-Me e vede: um espírito não tem carne nem ossos, Como vedes que Eu tenho». Dito isto, mostrou-lhes as mãos e os pés. E como eles, na sua alegria e admiração, não queriam ainda acreditar, perguntou-lhes: «Tendes aí alguma coisa para comer?» Deram-Lhe uma posta de peixe assado, que Ele tomou e começou a comer diante deles. Depois disse-lhes: «Foram estas as palavras que vos dirigi, quando ainda estava convosco: 'Tem de se cumprir tudo o que está escrito a meu respeito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos'». Abriu-lhes então o entendimento para compreenderem as Escrituras e disse-lhes: «Assim está escrito que o Messias havia de sofrer e de ressuscitar dos mortos ao terceiro dia, e que havia de ser pregado em seu nome o arrependimento e o perdão dos pecados a todas as nações, começando por Jerusalém. Vós sois as testemunhas de todas estas coisas». Palavra da Salvação

 

++++++++++++++++++++++++++

 

ANIVERSARIOS DE BATISMO:

@ Nesta Semana; de 13 a 19 Abril receberam o Batismo na nossa Igreja ( Our lady of Fatima ):

14. Cassandra Elisabeth Lindo;

15. Mia Isaura Rodrigues;

16. Rachel Alexandria do Rego; Cory Pacheco Medeiros;

17. Miguel Pedro Almeida Campbell;

18. Andrew Massa Falcão ; Leandra Dorothy Braga; Tanya Cunha Evaristo;

19. Diogo José Luz; \

 

Eucaristia Sunday: 10am - 19.04.2015

++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

Leitores do Domingo: (18 a 19 Abril de 2015 ) : Sb 5.30 pm = Gracinda Dom. 10am = Celeste Neves / Germana Freitas

Quem desejar incorporar o serviço de leitor na nossa Igreja contacte : Carlos Marques

 

 

 

FIRST READING (Acts 4.32-35)

 

A reading from the Acts of the Apostles THE whole group of those who believed were of one heart and soul, and no one claimed private ownership of any possessions, but everything they owned was held in common. With great power the Apostles gave their testimony to the resurrection of the Lord Jesus, and great grace was upon them all. There was not a needy person among them, for as many as owned lands or houses sold them and brought the proceeds of what was sold. They laid it at the Apostles’ feet, and it was distributed to each as any had need. —The word of the Lord. R. Thanks be to God.

 

 

 

RESPONSORIAL PSALM:

 

Give thanks to the Lord for he is good; his steadfast love endures forever. 1.Let Israel say,/“His steadfast love endures forever.”/ Let the house of Aaron say,/“His steadfast love endures forever.”/Let those who fear the Lord say,/“His steadfast love endures forever.” R. 2.“The right hand of the Lord is exalted;/the right hand of the Lord does valiantly.” /I shall not die, but I shall live, /and recount the deeds of the Lord. /The Lord has punished me severely, /but he did not give me over to death. R.

 

 

 

SECOND READING (1 John 5.1-6):

 

A reading from the first letter of John  BELOVED: Everyone who believes that Jesus is the Christ has been born of God, and everyone who loves the parent loves the child. By this way we know that we love the children of God, when we love God and obey his commandments. For the love of God is this, that we obey his commandments. And his commandments are not burdensome, for whatever is born of God conquers the world. And this is the victory that conquers the world, our faith. Who is it that conquers the world but the one who believes that Jesus is the Son of God? This is the one who came by water and blood, Jesus Christ, not with the water only but with the water and the blood. And the Spirit is the one that testifies, for the Spirit is truth. —The word of the Lord. R. Thanks be to God.

GOSPEL (Jn. 20.19-31):

 

A reading from the holy gospel according to John IT was evening on the day Jesus rose from the dead, the first day of the week, and the doors of the house where the disciples had met were locked for fear of the Jewish authorities. Jesus came and stood among them and said, “Peace be with you.” After he said this, he showed them his hands and his side. Then the disciples rejoiced when they saw the Lord. Jesus said to them again, “Peace be with you. As the Father has sent me, so I send you.” When he had said this, he breathed on them and said to them, “Receive the Holy Spirit. If you forgive the sins of any, they are forgiven them; if you retain the sins of any, they are retained.” But Thomas, who was called the Twin, one of the twelve, was not with them when Jesus came. So the other disciples told him, “We have seen the Lord.” But he said to them, “Unless I see the mark of the nails in his hands, and put my finger in the mark of the nails and my hand in his side, I will not believe.” After eight days his disciples were again in the house, and Thomas was with them. Although the doors were shut, Jesus came and stood among them and said, “Peace be with you.” Then he said to Thomas, “Put your finger here and see my hands. Reach out your hand and put it in my side. Do not doubt but believe.” Thomas answered him, “My Lord and my God!” Jesus said to him, “Have you believed because you have seen me? Blessed are those who have not seen and yet have

come to believe.” Now Jesus did many other signs in the presence of his disciples, which are not written in this book. But these are written so that you may come to believe that Jesus is the Messiah, the Son of God, and that through believing you may have life in his name. —The gospel of the Lord. R. Praise to you Lord


 

 

APOSTLE'S CREED:

 

I believe in God, the Father almighty, creator of heaven and earth, and in Jesus Christ, his only Son, our Lord, who was conceived by the Holy Spirit, born of the Virgin Mary, suffered under Pontius Pilate, was crucified, died, and was buried. He descended into hell; on the third day he rose again from the dead; He ascended into heaven, and is seated at the right hand of the Father almighty; from there He will come to judge the living and the dead. I believe in the Holy Spirit, the holy Catholic Church, the communion of saints, the forgiveness of sins, the resurrection of the body, and life everlasting. Amen

ÂNGELO BRAGA, IN MEMORIAM

 

Este grande e saudoso amigo, natural de Santa Maria, Açores e residente que era na cidade de Kingston, Canadá, partiu para a Casa do Pai, no passado sábado, dia 11 de Abril, após doença prolongada.

 

Conhecido e estimado em toda a comunidade portuguesa de Kingston, deixou-nos, mas legou-nos o grande exemplo de Homem cheio de qualidades e de uma honestidade sem limites; de Cristão cumpridor e de uma enorme devoção ao Senhor Santo Cristo dos Milagres e a Nossa Senhora de Fátima; de Pai e Esposo extremoso; de Amigo repleto de bondade para com todos.
O Ângelo era um amigo muito especial. Sempre com um sorriso nos lábios, de excepcional humildade, paciente até à exaustão, de constante boa disposição, sempre sorridente, positivo, com soluções para todos os problemas que surgiam, de grande respeito e amizade para com os seus colegas de trabalho - o nosso Ângelo dispensou sempre os agradecimentos, as honras ou louvores pelo trabalho que dedicou à comunidade até ao fim da sua vida terrena.
Se um dia for exibido o filme que registou os trabalhos da construção do complexo paroquial, Igreja e salão de Festas, poderemos ver a sua figura elegante e calma a dirigir os trabalhos do levantamento das paredes do edifício que, sob a sua direcção e orientação, cresciam a olhos vistos, nos já longínquos anos de 1978 a 1980.

 

Pacificador e compreensivo com todos, nunca levantava a voz para ninguém e todos os voluntários trabalhadores seguiam de bom grado as suas ordens.

 

Uma vez concluída a grande obra da construção do complexo paroquial, o amigo Ângelo não se fechou em casa com a certeza do dever cumprido. Foi um dos mais activos membros da comissão que preparou a grande festa da bênção e inauguração da Igreja e do Salão de Festas.

 

Continuou a oferecer o seu tempo ao serviço de nobres causas que projectassem a fé cristã e o nome de Portugal.
Na Igreja, víamos o Ângelo, todos os domingos, prestando a sua colaboração e ajuda, quer como leitor nas celebrações da Eucaristia, quer como ajudante na recolha das oferendas.
No Salão do convívio e festas, a sua presença era constante e orientadora, observando tudo para que nada faltasse nas muitas actividades de lazer e eventos aí realizados, jantares de casamento, de baptizados, de espectáculos sem conta. Foi, durante muitos anos, o primeiro responsável e coordenador da marcação de todos os eventos que tinham lugar no Salão de Festas, sendo que o seu desejo e grande preocupação era que tudo decorresse na melhor ordem e de satisfação para todos.
A doença, longa e certamente dolorosa, retirou-lhe a capacidade para continuar a dedicar-se, de alma e coração, às nobres causas da Igreja que ele tanto amou.

Como pai de família e esposo dedicado, foi sempre um exemplo a imitar.

 

Era o fruto de uma educação esmerada que tinha recebido na família e no colégio que o formou.
Possuidor das melhores qualidades de um homem exemplar: educado, acolhedor, sério, respeitador, amigo dedicado a todos os que a ele recorriam, era também ele um grande defensor dos valores cristãos.


Tendo partido no tempo pascal, libertou-se do sofrimento que foi para ele redentor, para agora viver uma felicidade sem fim.
Encontrava-me em Kingston, no início do mês de Setembro do ano transacto de 2014, por ocasião da grande Festa em honra do Senhor Santo Cristo dos Milagres, quando tive o grato prazer de ter sido por ele convidado para o acompanhar no dia do seu aniversário natalício. Depois da Missa de Acção de Graças, celebrada por seu irmão, Dom António Braga, Bispo de Angra, Açores, seguiu-se um jantar de confraternização num dos restaurantes daquela cidade, com a presença restrita dos familiares e ainda do pároco da comunidade portuguesa, Padre Manuel Tavares.

 

Fiquei muito sensibilizado com o gesto do seu convite amigo, atitude que nos proporcionou, a mim e a ele, ocasião para recordar tempos de outrora, de muito esforço e de muitas alegrias.
O Ângelo foi um cristão exemplar. Homem de grande fé. Por isso, continuará vivo. Foi o próprio Jesus que o disse: "Todo aquele que vive e acredita em Mim, não morrerá (Jo 11,26).

 

Escrupuloso cumpridor dos deveres cristãos, estava sempre disponível para colaborar e ajudar os outros. A um pedido respondia sempre afirmativamente.


A sua vida foi uma contínua doação aos outros. Por isso, o Senhor da Vida, o Senhor Ressuscitado já o acolheu nos seus braços misericordiosos para lhe conceder o prémio eterno pela dádiva da sua vida, quer à família, quer aos outros.

 

Deus que é Amor, Perdão, Bondade e Misericórdia lhe dirá: Vem, bendito de meu Pai para o lugar que te foi preparado porque não procuraste apenas a tua própria felicidade, mas trabalhaste para que os outros fossem mais felizes.

 

Bem-aventurado sejas, Ângelo, porque, confiando plenamente no Senhor Santo Cristo, sofreste a doença e a incerteza, sem amargura nem queixume. A vida que tanto amavas e tanto querias viver não acabou: sublimou-se em plenitude.

 

Eu sei que vives em Deus, mas fica o rasto da solidão e da saudade a toldar o caminho da vida da tua família: menos um à mesa, menos um a caminho da Igreja.

 

Os familiares e todos nós estamos humanamente mais pobres, no entanto, mais ricos e fortes na fé e na esperança.

Apresento a sua esposa e família a expressão do meu mais profundo pesar, com a promessa da minha prece.
Foi ontem, dia 13, celebrada Missa em seu sufrágio, na Igreja de S. Nicolau, em Lisboa.

Descansa em paz, querido amigo Ângelo.

 

Dr. Antonio Pires   

Caro amigo(a)

 

Apelamos à sua generosidade neste momento em que vamos entrar em obras, para que possamos dar a todos o máximo de  condições na Paróquia de Nossa Senhora de Fátima

Clique em baixo para saber mais